Como equilibrar sustentabilidade, higiene e saúde

Este artigo foi escrito em colaboração com a Innovation Lighthouse, a Travel Without Plastic e a Global Tourism Plastics Initiative (GTPI)

Atualizado 5 meses atrás
Salvar

O impacto global causado pelo turismo foi subitamente atenuado pela pandemia, que interrompeu praticamente todo tipo de viagem. Como não havia tráfego aéreo e as estradas estavam livres, o ar ficou mais limpo repentinamente. Em várias regiões do mundo, a fauna local passou a voltar aos seus locais de origem. Cidades e destinos densamente povoados tiveram a oportunidade de respirar pela primeira vez em muito tempo. Apesar de a pandemia ter causado um sofrimento imenso e um efeito devastador sobre o setor de viagens (desde pequenos negócios até conglomerados globais), foi difícil não notar a recuperação do meio ambiente.

Portanto, esses tópicos se tornaram importantes para muitas das pessoas que estão reservando viagens novamente. Na verdade, 61% das pessoas afirmam que a pandemia fez com que elas queiram viajar de forma mais sustentável no futuro. Ao mesmo tempo, 49% delas acreditam que ainda não há opções suficientes para viajar de forma sustentável, e 53% se frustram caso a propriedade em que estão hospedadas as impeçam de ser sustentáveis (por exemplo, ao não oferecer a coleta de recicláveis).

Outra consequência importante da pandemia é a atenção redobrada às medidas de saúde e higiene no nosso setor. Isso é algo que veio para ficar. Portanto, é crucial levarmos em consideração o potencial impacto que a higienização tem no meio ambiente. Isso inclui o aumento do uso de produtos químicos para desinfecção, bem como o descarte incorreto de produtos de higiene, como luvas, máscaras e álcool gel.

Estamos observando uma demanda de viagens nova e renovada. As prioridades que agora orientam as decisões dos viajantes são diferentes das do passado. Aproveitar essa energia vai fazer com que você se posicione bem em um novo cenário de viagens sustentáveis, ao mesmo tempo em que cumpre os critérios mais rigorosos de higiene e segurança exigidos pelos viajantes. A seção a seguir vai te ajudar a encontrar esse equilíbrio.

4 benefícios de priorizar a sustentabilidade à medida que as viagens retornam

 

1. Você reduz seus gastos a médio e longo prazo

A realidade das mudanças climáticas e da degradação ambiental se torna cada dia mais aparente. Por isso, governos do mundo inteiro vêm implementando leis que encarecem certos itens, como plásticos descartáveis. Ao mesmo tempo, chegamos a um ponto em que o custo-benefício da produção de energia limpa é melhor do que o da energia não renovável. E esse custo não é só operacional – deixar de priorizar a sustentabilidade também faz com que as empresas percam seus clientes. 81% dos viajantes dizem que querem ficar em uma acomodação sustentável no ano que vem, uma tendência que vem aumentando com o passar do tempo.

2. Transmite a mensagem de responsabilidade

O relacionamento entre hóspedes e acomodações se tornou muito importante. As propriedades precisam construir e manter a confiança de que seus clientes ficarão seguros e as instalações serão higienizadas. Incluir a sustentabilidade na lista de prioridades dos seus negócios amplia seu espectro de cuidados. Isso transmite uma mensagem mais abrangente, de que sua marca é responsável e confiável.

3. É uma oportunidade de inovar

Como muitos viajantes dizem que a pandemia os conscientizou sobre sustentabilidade, tanto em casa, quanto nas viagens, – 61% afirmam que querem viajar de forma mais sustentável no futuro – há inúmeras oportunidades para soluções criativas no setor de hospitalidade. Cultivar alimentos no local, usar energia solar para aquecer piscinas e reaproveitar a água do banho são alguns exemplos de inovações sustentáveis que os hóspedes procuram cada vez mais na hora de escolher acomodações.

4. Ajuda sua marca a evoluir e atender à demanda futura

84% das pessoas dizem que querem diminuir a quantidade de resíduos e de plásticos descartáveis ao viajar. Isso significa que certos produtos grátis, como embalagens miniatura de shampoo ou chinelos descartáveis, não são mais vistos necessariamente como vantagens. Em um cenário onde 83% dos entrevistados mundiais acham que viajar de forma sustentável é essencial, fortalecer a imagem da sua marca significa pensar no seu impacto sobre o meio ambiente. No futuro, as notas de avaliação mais altas serão resultado de oferecer a coleta de recicláveis, produtos sem plástico e oportunidades para que os hóspedes se comportem de forma sustentável (por exemplo, reutilizando as próprias toalhas).

unep_infographic_-_partner_facing_-_landscape_1_1.png
Como priorizar a sustentabilidade de acordo com o retorno das viagens

 

Invista em processos em vez de produtos

Produtos descartáveis, controles remotos embalados em plástico e faixas que indicam a limpeza dos vasos sanitários são algumas das medidas adotadas quando se trata de melhorar a higiene. Mas, na realidade, esses itens não são garantia de limpeza. Afinal de contas, o plástico também pode conter germes. A única coisa que esses produtos garantem é uma quantidade imensa de resíduos desnecessários.

Um jeito melhor de priorizar a higiene é investir em procedimentos de saneamento robustos e em rastreabilidade. Em vez de oferecer produtos em embalagens descartáveis ou embrulhar objetos em plástico, garanta que os quartos e os produtos sejam devidamente limpos e higienizados entre um hóspede e o próximo. Desenvolva protocolos de limpeza padronizados e completos, e certifique-se de que seus funcionários sejam bem treinados para cumprir esses protocolos.  

Faça da redução de plástico uma prioridade estratégica

Reduzir o plástico é essencial para se tornar mais sustentável, mas isso ficou ainda mais evidente na era pós-quarentena, devido ao uso de máscaras, luvas e comodidades descartáveis, além de embalagens de álcool gel. Existem várias medidas que você pode adotar para diminuir o consumo de plástico na sua propriedade:

  • Se, por algum motivo, você precisar fornecer produtos descartáveis, opte por materiais já aceitos nas unidades locais de descarte e processamento de resíduos. Procure opções devidamente certificadas que possam passar por compostagem doméstica (e cuja compostagem você possa fazer na sua propriedade). Alguns exemplos são embalagens biodegradáveis (de materiais como bagaço de cana ou fécula de mandioca) para alimentos, copos de café revestidos com polímeros à base de água, em vez de plástico ou PLA, e canudos de macarrão ou de bambu. Caso sua única opção seja usar produtos de plástico descartáveis, escolha itens com alto teor de material reciclado.
  • Pense no descarte adequado de plásticos que não podem ser evitados e em como tornar a reciclagem algo indispensável para a gestão de resíduos da sua propriedade. Também é bom sinalizar e comunicar claramente aos hóspedes onde eles podem encontrar lixeiras para descarte de material reciclável.
  • Entre em contato com as empresas de coleta de lixo e descubra quais materiais podem ser processados nas unidades locais e o que vai parar nos aterros sanitários. Essas conversas podem orientar suas decisões futuras na hora de escolher produtos e fornecedores.  

Comunique claramente as medidas de higiene

Em vez de embrulhar tudo em plástico, há formas mais eficazes e sustentáveis de tranquilizar os hóspedes. A comunicação é essencial para que seus clientes se sintam seguros antes e durante a estadia. 70% das pessoas afirmam que têm mais probabilidade de reservar uma propriedade se as medidas de saúde e segurança em vigor forem claras.

  • Use e-mails de confirmação, seu site e a página da sua propriedade na Booking.com para informar aos hóspedes com antecedência o que você está fazendo para manter sua propriedade limpa e higiênica.
  • Forneça informações na sua propriedade – por exemplo, com placas ou comunicados no canal de TV interno – sobre como e quando você higieniza espaços públicos, qual é o processo de limpeza dos quartos e como você mantém a higiene das comodidades.
  • Informe os hóspedes caso você também tenha tomado medidas para equilibrar a sustentabilidade e a higiene reforçada. Isso proporciona a eles a oportunidade de contribuir com a sustentabilidade (por exemplo: optando pelos produtos de banho reutilizáveis devidamente limpos em vez de usar as próprias embalagens de plástico descartáveis).  

Analise sua cadeia de suprimentos

Conforme você for estabelecendo novos protocolos de limpeza, aproveite a oportunidade para observar sua cadeia de suprimentos de um ponto de vista sustentável. Converse com seus fornecedores sobre tópicos como a redução de plástico e de resíduos em geral, transporte ecológico e devolução de embalagens. As mudanças rumo à sustentabilidade estão ocorrendo em todas as indústrias. Portanto, essas conversas podem ser vantajosas tanto para você, quanto para seus fornecedores.

Considere usar soluções de limpeza novas e mais sustentáveis, assim como novas tecnologias que melhorem os resultados da higienização (como, por exemplo, desinfecção com ozônio, o uso de ozônio aquoso estabilizado e limpeza com vapor pressurizado). Além de essas soluções usarem menos produtos químicos prejudiciais, o custo-benefício delas também é melhor.  

Pense em formas de agregar segurança às refeições

Obviamente, higiene é muito importante quando se trata de alimentos. Assim como acontece com os produtos de banho, a solução mais comum parece ser o uso de sachês descartáveis e talheres de plástico. Confira algumas soluções que visam reduzir o desperdício e melhorar o custo-benefício, além de garantir a higiene na hora das refeições:

  • Ofereça condimentos mediante pedido, em pequenas porções individuais, servidas em potinhos ou pratos de louça
  • Para itens como geleia ou leite, use dispensers fechados que permitam que os hóspedes se sirvam sem entrar em contato com o alimento propriamente dito
  • Assim como você faz com os quartos, implemente protocolos de limpeza adequados para utensílios de cozinha com o objetivo de garantir os mais altos padrões sanitários e de higiene
  • Certifique-se de que haja espaço suficiente entre os hóspedes que fizerem suas refeições em um mesmo ambiente. Uma maneira de fazer isso é prolongar o horário das refeições para que você consiga atender às restrições de número máximo de pessoas com mais conforto  

Envolva seus funcionários

É essencial envolver sua equipe em novos processos ou modificações implementadas. Invista em treinamento adequado para que seus protocolos sustentáveis de limpeza sejam compreendidos e colocados em prática corretamente. Um ótimo recurso para reduzir o uso de plástico descartável e manter a segurança dos hóspedes ao mesmo tempo é o módulo de treinamento on-line grátis da Greener Guest. Você também pode combinar o treinamento com uma atividade de limpeza em sua comunidade. Estabelecer um elo entre os itens usados no local de trabalho e a poluição da região pode incentivar mudanças comportamentais mais rápidas.

A opinião dos seus funcionários a respeito das modificações implementadas também pode ser muito valiosa. Cada membro da equipe terá um conhecimento único da sua propriedade e da clientela, com base no cargo específico e área de atuação. Reunir pontos de vista diferentes pode ajudar a definir a melhor forma de implementar mudanças sustentáveis.

hand sanitiser
Mostre aos viajantes o que você está fazendo

Se você já implementou práticas sustentáveis na sua propriedade, pode comunicá-las aos viajantes por meio da nossa plataforma. Você também pode informar quais medidas de saúde e segurança adotou na sua propriedade.

Atualize suas instalações

Confira nossos outros guias de sustentabilidade:

animal_welfare.jpeg

Bem-estar animal

A vitalidade dos lugares em que vivemos e visitamos como turistas é mantida por outras espécies que habitam ali. Trabalhar juntos para proteger o bem-estar dos animais não é só uma responsabilidade ética – é também como podemos garantir a longevidade dos ambientes que valorizamos.

Saiba como começar

Energy consumption

Como reduzir o consumo energético e adotar a energia renovável

O ritmo acelerado do aquecimento global – que impacta a natureza e a economia – coloca a eficiência e as fontes de energia no topo da lista de prioridades quando o assunto é sustentabilidade. Mas reduzir o consumo de energia e passar a adotar fontes renováveis não beneficia apenas o planeta. Isso também pode diminuir seus custos operacionais.

Saiba como começar

Confira nossos outros guias de sustentabilidade:

Reducing food waste

Reduzindo o desperdício de alimentos

Cerca de um terço dos alimentos produzidos para consumo humano é perdido ou desperdiçado. Como os alimentos podem ter um custo significativo, ao reduzir o desperdício, você pode economizar bastante – além de causar um impacto positivo na sua pegada ecológica.

Saiba como

Esse artigo foi útil?