Updated 9 meses atrás
Salvar
Quatro benefícios que você tem ao definir sua baseline
  1. Você pode direcionar seus esforços com relação à sustentabilidade e ter mais impacto – Assim que começar a recolher dados sobre o impacto que seus negócios têm – seja ambiental ou social – você vai ter uma ideia melhor de como pode mudá-lo. Quando o Hotel Breeze foi inaugurado, um compromisso foi feito: tornar-se o primeiro hotel energia zero do mundo ao adotar medidas exclusivas, como um sistema de chuveiros que reduz o consumo de água e luz em até 80%.  
  2. Você pode identificar oportunidades para reduzir custos – Definir sua baseline te dá uma visão sobre seu uso de recursos. Ao longo do tempo, esses dados permitem que você veja onde é possível economizar em custos operacionais. Com uma perspectiva sobre o uso de energia, por exemplo, as empresas do setor de hospitalidade puderam identificar onde implementar controles de iluminação e luminárias eficientes, além de reduzir os custos de energia elétrica em até 50%. Medir o desperdício de comida permitiu que o Einstein St. Gallen identificasse e reduzisse em 41% os gastos desnecessários com alimentos, o que levou a uma economia de CHf 28.000 em 1 ano. O potencial de economia com a redução de plástico, por outro lado, depende do item em questão. Portanto, é importante analisar onde você está utilizando mais plástico.  
  3. Isso transforma seu compromisso com a sustentabilidade em algo tangível – Uma coisa é falar sobre como gerenciar seus negócios de maneira sustentável, outra coisa é fazer. Ao definir sua baseline e monitorar seu progresso, você tem acesso a dados concretos sobre o impacto que os esforços de sustentabilidade estão tendo nos seus negócios e na sua região. Grupos como Scandic Hotels, Radisson e NH, por exemplo, produzem relatórios anuais que demonstram, com credibilidade, seu compromisso com a sustentabilidade.  
  4. Você vai fortalecer suas credenciais e aumentar sua atratividade para os hóspedes – De acordo com a Global Business Travel Association, 53% das empresas norte-americanas possuem programas corporativos de sustentabilidade que afetam a forma como elas escolhem seus fornecedores de viagem. Assim que tiver definido sua baseline e tiver começado a medir as mudanças, você pode comunicar seu progresso por meio de relatórios e material de marketing. Assim, é possível atrair hóspedes que se preocupam com sustentabilidade. 

O primeiro passo em sua jornada rumo à sustentabilidade deve ser a elaboração da sua baseline. Essa é uma medida do seu impacto atual no meio ambiente. Ela leva itens como água e eletricidade em consideração, além do uso de plástico e das emissões de carbono.

Definir sua baseline é importante, pois se você não sabe onde está agora, fica difícil saber onde pretende chegar. Talvez você esteja gastando mais com serviços (água, eletricidade) do que precisa. Talvez você já esteja adotando boas práticas para reduzir o uso de plástico. Talvez exista uma maneira melhor de incentivar os hóspedes a desperdiçar menos nos quartos.

Você pode administrar um bangalô à beira-mar ou uma unidade de um hotel multinacional. Qualquer que seja seu tipo de propriedade, você só tem a ganhar com a definição da sua baseline de sustentabilidade – tanto do aspecto ambiental e social quanto do financeiro.

Observe, por exemplo, o Hilton. O impacto ambiental começou a ser medido em 2008 com a LightStay, sua plataforma própria para o gerenciamento de sustentabilidade. Depois que o grupo definiu sua baseline e começou a monitorar as mudanças, foi possível identificar onde o impacto poderia ser maior. Entre 2008 e 2018, em todo seu portfólio, o uso de energia e o volume de água foram reduzidos em 22% e o volume das emissões de carbono, em 34%. Os dados geraram perspectivas que permitiram que o Hilton economizasse $ 29 milhões em custos com serviços – e isso aconteceu depois de apenas 1 ano.

Nesta seção, vamos apresentar os benefícios que você tem ao definir sua baseline. Também vamos dar uma olhada nas ferramentas disponíveis para medir e monitorar duas partes essenciais do seu impacto ambiental: a pegada de carbono e uso de água.

Como definir sua baseline

Comece com o que mais contribui  

De acordo com a Sustainable Hospitality Alliance, os 3 fatores mais importantes que determinam a pegada ambiental de uma propriedade são: energia elétrica, água quente e ar-condicionado/aquecedor. Por isso, o ponto de partida para definir sua baseline pode ser a análise da sua pegada de carbono e uso de água. Existem recursos gratuitos on-line para ajudar você a começar hoje mesmo.

  • Medindo suas emissões de carbono – A ferramenta Hotel Carbon Measurement Initiative ajuda você a medir sua pegada de carbono total e por quarto ocupado. Além disso, ela leva em consideração as diferentes fontes de energia para te ajudar a priorizar ações práticas.  
  • Medindo seu uso de água – A ferramenta Hotel Water Measurement Initiative define os dados necessários para calcular sua pegada hídrica total. Além disso, ela dispõe de uma metodologia que calcula a água usada por quarto ocupado, por diária (ou espaço de reuniões por hora, caso seja aplicável).   

Índice comparativo da sua propriedade

Assim que tiver definido sua baseline, você pode comparar sua propriedade com outras e ter uma ideia melhor da sua performance ambiental. Entre os principais recursos estão:  

  • O Cornell Sustainability Benchmark – ele usa a maior base de dados disponível, proveniente de mais de 15.000 propriedades que usam as ferramentas HCMI e HWMI. Isso rastreia a energia, as emissões de gases de efeito estufa e o uso de água.  
  • O Green Lodging Trends Report – ele usa as boas práticas, em vez de dados concretos, para reconhecer e dar destaque a medidas inovadoras que podem beneficiar o setor.

Comece a definir metas

Depois de recolher alguns dados iniciais, você pode começar a pensar sobre metas específicas. A Sustainable Hospitality Alliance definiu metas de sustentabilidade com base científica para que a indústria hoteleira cumpra até 2030. Elas estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS) e com o Acordo de Paris (COP21). Essa aliança também oferece orientações sobre a definição de metas para a água, seu gerenciamento e como trabalhar com sua rede de distribuição.

Outros recursos úteis são o Destination Water Risk Index – que pode ajudar você a entender qual é o seu risco relacionado à água e definir metas e medidas adequadas – e a iniciativa de Metas Baseadas em Ciência do Pacto Global da ONU, que possui recursos para o tópico mais amplo de ação climática corporativa.

Confira nossos outros guias de sustentabilidade:

 

Image
plastic in water

Reduzindo o consumo de plástico

Hoje é mais fácil do que nunca administrar uma propriedade sem usar plástico – e isso nunca foi tão importante. O plástico leva anos para se decompor, além de prejudicar a vida selvagem e o meio ambiente. Este guia vai mostrar como proteger ambos ao reduzir seu consumo de plástico.

Como posso começar?

Image
water

Reduzindo o consumo de água

A água doce está cada vez mais rara. É por isso que temos que começar a diminuir o consumo de água o quanto antes – e isso demandará mais do que pedir aos hóspedes para reutilizarem suas toalhas. Os benefícios financeiros e ambientais fazem esse investimento valer a pena.

Quero saber mais

Image
Meeting

Garantindo a certificação ecológica

Certificados mostram ao mundo o seu compromisso com a sustentabilidade. Ainda que certificações deem crédito aos seus esforços e ajudem a atrair hóspedes mais preocupados com a sustentabilidade, o processo para conquistá-las é ainda mais importante – ajudando você a definir prioridades e solucionar lacunas nos seus planos de sustentabilidade.

Saiba mais

Esse artigo foi útil?