Por que preciso preencher o formulário Conheça Seu Parceiro (KYP)?

Por que a Booking.com solicita o preenchimento do formulário Conheça seu Parceiro (KYP)?

Pedimos certos tipos de informações para cumprir diversas exigências legais e regulamentares.

Esse processo de verificação é igual para todos os parceiros, mesmo que você alugue sua acomodação de forma ocasional e particular. Se esse for o caso, basta selecionar a opção "Sou uma pessoa física administrando meu negócio" no formulário KYP e as perguntas seguintes serão adaptadas para essa opção.

Se você administra diversas propriedades na Booking.com, a partir de 2020 será necessário realizar um processo um pouco diferente. Vamos informar todos os detalhes com antecedência para que você entenda as exigências. Se você tiver recebido o formulário KYP antigo, não é necessário preenchê-lo. Em vez disso, conclua o novo processo quando ele começar.

Este formulário único será enviado para você por e-mail. Se você não receber o formulário, entre em contato com a equipe de suporte da sua região.

OBSERVAÇÃO: o formulário KYP não é um procedimento novo. É apenas o novo nome do formulário de verificação de conta.

Como a Booking.com usa essas informações?

Por meio de canais seguros, passamos suas informações para um provedor terceirizado, que nos ajuda a validar as informações, comparando-as com diversas fontes de dados. Essa interação entre a Booking.com e o terceiro está totalmente em conformidade com as normas de Privacidade.

Com que frequência esse processo de verificação de conta acontece?

Todos os anos, pediremos que você confirme se as informações que você enviou ainda estão corretas. Você também terá a oportunidade de atualizar qualquer informação que tenha mudado.

Como posso editar as minhas informações?

Para reenviar o formulário, por favor, entre em contato com a sua equipe de apoio local.

Veja abaixo uma explicação dos termos do formulário:

"Pessoa jurídica"

Uma entidade constituída e administrada de acordo com a legislação societária, e que realiza atividades comerciais, trabalhos assistenciais ou outras atividades permitidas. As pessoas jurídicas são constituídas geralmente para comercializar um produto ou serviço. Por exemplo: empresas, parcerias, trustes e ONGs.

"Pessoa física"

Uma "pessoa física" (em termos jurídicos, ou seja, alguém que tem sua própria personalidade jurídica) é um indivíduo, e não é constituído e regido pela legislação societária.

"Razão social da propriedade"

O nome oficial da propriedade, usado em documentos oficiais do governo.

"Proprietário legal"

Proprietário legal é o indivíduo que, essencialmente, exerce domínio sobre a propriedade. Se uma pessoa física for legalmente dona da propriedade, então ela é proprietária legal. Se uma empresa exercer domínio sobre a propriedade, o dono dessa empresa é o proprietário legal. O proprietário legal é a pessoa que, em última instância, está no topo da hierarquia de posse.

"Nome completo do proprietário/Nome completo do proprietário da empresa administradora"

O beneficiário final. Se uma empresa tem uma propriedade/empresa administradora, precisamos da razão social completa da empresa.

Se a propriedade/empresa administradora pertencer a uma pessoa física, então precisamos do nome completo daquela pessoa física.

"Nome diferente"

Algumas empresas operam com um nome diferente do registrado, e diferente da razão social. Ele pode ser um nome fantasia, nome comercial ou nome fictício.

"Tipo de gerência - gerente"

Uma ou mais pessoas responsáveis pelas operações diárias da propriedade. Isso pode incluir a gestão de pessoas, além do planejamento, marketing, coordenação e administração de serviços hoteleiros, como alimentos e bebidas e instalações e serviços da acomodação.

"Tipo de gerência - administradora"

Uma administradora que gerencia as operações diárias de um hotel, seja por comissão, um valor fixo ou uma parte da receita bruta. Geralmente funciona como terceirizada, prestando serviços diários de gerenciamento, assim como suporte em contabilidade, vendas e marketing, alimentos e bebidas, recursos humanos, auditoria, gestão de receita etc.

"Funcionários/Agências governamentais"

São indivíduos como o Chefe de Estado, um membro eleito do governo ou um funcionário sênior de um um órgão legislativo ou governamental, além de órgãos legislativos, agências, ou departamentos estabelecidos pelo governo.

"Administração pública"

Quando uma entidade pertence ou é controlada (ou seja, em mais de 50%) por um órgão ou funcionário do governo.

"Acionista"

Se uma propriedade pertence a diversas pessoas, ou empresas, solicitamos a razão social da empresa ou o nome completo da pessoa física, que detenha mais de 20% da propriedade.