Como identificar e tomar medidas a respeito do potencial tráfico humano de refugiados da Ucrânia

Atualizado 1 ano atrás | 5 min. de leitura
Salvar

A atual crise dos refugiados da guerra na Ucrânia pode levar a um risco maior de atividades ligadas ao tráfico humano em hotéis e outras propriedades na Europa. A sua segurança e a segurança dos seus hóspedes é nossa maior prioridade. Este artigo contém informações sobre os sinais de tráfico humano e o que é possível fazer se você achar que isso pode estar acontecendo na sua propriedade.


O que você encontra neste artigo:


Sobre o tráfico humano e a indústria de viagens

O que é tráfico humano e o que isso tem a ver com viagens e turismo?

Segundo as Nações Unidas, o tráfico humano envolve recrutar, transportar, transferir, abrigar ou receber pessoas utilizando força, fraude ou engano, com o objetivo de explorá-las com fins lucrativos.

As redes de tráfico costumam usar estabelecimentos legítimos, como hotéis e outros tipos de propriedades, para ajudá-las a executar suas operações. Por exemplo, os traficantes podem usar um hotel para abrigar as vítimas enquanto estão em trânsito ou como local para vender os serviços forçados de suas vítimas.

Vítimas de tráfico humano também podem ser atraídas para serem exploradas dentro de uma propriedade. Isso pode resultar em riscos de segurança, não apenas para a vítima de tráfico, mas para o próprio estabelecimento e seus outros clientes.

Por que a crise dos refugiados aumenta os riscos?

Segundo a ONU, 7,8 milhões de refugiados fugiram da Ucrânia para outros países da Europa. A maioria dessas pessoas são mulheres e crianças. Acredita-se que elas corram maior risco de tráfico, juntamente com outros grupos marginalizados que podem não ter acesso às proteções padrão dos refugiados. Ao aprender sobre os sinais de potencial tráfico humano e saber qual é a melhor resposta a eles, você pode se preparar para agir rapidamente e deixar as autoridades ajudarem as pessoas em perigo.


Como identificar e tomar medidas a respeito do potencial tráfico humano

Quais são os sinais de possível tráfico humano?

As organizações que trabalham para prevenir o tráfico humano identificam os sinais de possível tráfico de pessoas em hotéis e outros tipos de propriedade. Segundo essas organizações, as pessoas traficadas:

  • São alvo de agressões verbais ou físicas
  • Têm sua capacidade de comunicação restringida ou controlada por outras pessoas
  • Têm liberdade de movimento limitada ou têm seus movimentos monitorados
  • São impedidas de controlar o próprio dinheiro, celular ou documentos de identidade pessoais
  • Demonstram medo, ansiedade ou comportamento submisso
  • Usam roupas muito diferentes do esperado levando em consideração o clima
  • Desconhecem o próprio paradeiro atual ou passado
  • Mostram sinais de falta de higiene, desnutrição ou fadiga
  • Pedem novas toalhas ou roupa de cama com uma frequência incomum

Outros sinais de possível tráfico humano podem ser:

  • Pessoas entrando e saindo dos quartos com muito mais frequência do que o normal
  • Vários quartos reservados em nome de uma só pessoa
  • Uma única pessoa ou um casal fazendo check-in junto com várias mulheres
  • Crianças viajando com um ou mais adultos de quem não parecem ser parentes

Tenha em mente que um ou dois desses sinais isolados podem não significar necessariamente que esteja ocorrendo tráfico humano. Por exemplo, é possível que vários quartos sejam reservados em nome de uma só pessoa para uma viagem em grupo legítima. Mas se você observar vários desses sinais, pode ter motivos para se preocupar.

O que posso fazer se suspeitar de tráfico humano na minha propriedade?

Se você suspeitar que possa estar ocorrendo tráfico humano na sua propriedade, entre em contato com a linha de combate ao tráfico de pessoas do seu país. Se alguém estiver em perigo imediato, entre em contato com os serviços de emergência do seu país por meio do número habitual. Você também pode entrar em contato com outras organizações que podem ajudar ou pode encorajar pessoas em possível situação de risco a entrar em contato com essas organizações por conta própria.

Se a situação estiver relacionada com uma reserva efetuada na nossa plataforma, por favor, entre em contato conosco também.

De acordo com nosso compromisso de respeitar e promover os direitos humanos, e em sintonia com nossos valores, nós somos contra todas as formas de trabalho escravo, trabalhos forçados, trabalho infantil e tráfico humano. Temos o compromisso de ajudar parceiros como você a identificar e denunciar suspeitas de tráfico humano que possa estar acontecendo na sua propriedade.

O que mais eu posso fazer para ajudar?

O Polaris Project, uma organização sem fins lucrativos que trabalha para combater o tráfico humano na América do Norte, recomenda que você:

  • Mostre as informações de contato da linha direta da OIM na sua propriedade em seu idioma local, bem como em ucraniano e russo
  • Crie políticas para contratar seus funcionários diretamente sempre que possível
  • Trabalhe com fornecedores e vendedores que compram seus produtos de forma responsável
  • Adote uma política antitráfico na sua propriedade
  • Treine sua equipe para procurar sinais de tráfico humano
  • Estabeleça um plano de resposta ao tráfico humano que inclua um mecanismo de denúncia seguro

Mais informações e recursos

Recursos gerais para combate ao tráfico humano

Linhas diretas operadas pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), a agência de migração da ONU, oferecem informações gratuitas sobre migração irregular, tráfico humano e opções para migração legal. 

A maioria dos membros da La Strada International, uma rede de organizações não-governamentais voltadas para o combate ao tráfico humano na Europa, também conta com linhas diretas que oferecem informações locais. Isso pode incluir considerações legais, números de telefone úteis, dicas de segurança e ajuda de emergência.

Recursos na Ucrânia

  • Linha direta nacional antitráfico da OIM – ligue para 527 (grátis para celulares ucranianos) ou 0800 505 501 (grátis para telefones fixos ucranianos), acesse o site do canal de ajuda para conversar on-line ou envie um e-mail para iomkievcomm@iom.int

Recursos na Polônia

  • A associação PoMOC oferece ajuda para mulheres e crianças (Stowarzyszenie PoMOC dla Kobiet i Dzieci im. Marii Niepokalanej) – ligue para +48 32 255 38 69, visite o site da associação ou envie um e-mail para biuro@po-moc.pl
  • Centro Nacional de Consultoria e Intervenção às Vítimas de Tráfico Humano – ligue para +48 22 628 01 20 ou visite o site do centro

Recursos na Moldávia

  • Ministério das Relações Exteriores e Integração Europeia – ligue para 080 090 990 (na Moldávia) ou +373 22 690 990 (no exterior)
  • Centro de Combate ao Tráfico de Pessoas – ligue para +373 22 254 998
  • Unidade de Coordenação Nacional do Ministério do Trabalho, Proteção Social e Família – ligue para +373 22 727 274

Recursos na Eslováquia

  • Linha de Apoio Nacional para Vítimas de Tráfico Humano – ligue para 0800 800 818 (da Eslováquia) ou +421 800 800 818 (do exterior)

Recursos na Romênia

Recursos na Hungria

Esse artigo foi útil?