Dicas para detectar e corrigir diferenças de preços não intencionais

A aplicação de diferenças de preços nos canais pode ser intencional ou não intencional.

Quando as diferenças de preço não são intencionais e você está seguindo uma estratégia de aplicar as mesmas tarifas nos canais (para evitar que os clientes fiquem confusos e a conversão aumente, por exemplo), desenvolvemos o Painel de Controle de Performance de Preços para ajudá-lo a identificar facilmente qualquer diferença de preço nos canais. Verificamos sites para você e informamos qualquer diferença de preço que encontramos com uma captura de tela.

Também introduzimos a Nota de Qualidade de Preço, para que você possa ver o quanto suas tarifas são atrativas para os clientes da Booking.com.

O Painel de Controle de Performance de Preços e a Nota de Qualidade de Preço são serviços gratuitos que fornecem informações extras e podem ajudar você a identificar diferenças de preço em todos os canais.

Como identificar e corrigir diferenças de preço não intencionais

Seguem cinco práticas comuns retiradas de blogs e feedback de propriedades de toda a indústria para investigar e abordar diferenças de preços não intencionais nos canais:

  1. As diferenças de preço podem resultar de tarifas, promoções, impostos, cobranças extras ou restrições configurados incorretamente. Se você detectar diferenças não intencionais na extranet de qualquer canal, no seu PMS (sistema de gerenciamento de propriedade) ou no seu channel manager, faça os ajustes conforme necessário.
  2. As disparidades no inventário podem explicar as diferenças de preço, pois diferentes quartos estão sendo procurados entre os canais nos sites de comparação. Por isso, é importante garantir que a disponibilidade seja a mesma para todos os quartos em todos os canais, caso queira evitar diferenças de preços não intencionais.
  3. Ao trabalhar com um channel manager, os produtos mapeados incorretamente ou os atrasos na atualização das tarifas podem causar diferenças de preço. Entrar em contato diretamente com o channel manager pode ajudar a corrigir o problema.
  4. Se tudo estiver correto na extranet, mas as tarifas exibidas online ainda estiverem diferentes, as propriedades podem reportar o problema ao gerente da conta de qualquer canal que esteja exibindo as tarifas incorretas para mais investigações.
  5. Se a tarifa menor originar de um canal com o qual as propriedades não trabalham, estas podem investigar quem está renegociando com esse site, por meio de pesquisa da página de origem ou das condições. Fazer um teste de reserva também é uma maneira inteligente de recuperar informações sobre a origem dessa tarifa.

Outra forma de identificar se certos canais estão revendendo online é pedir ao cliente a sua confirmação de reserva no check-in e cruzar o nome do revendedor com o nome do provedor contratado no sistema de reservas do hotel. Uma vez que isso seja identificado, as propriedades podem contatar o provedor relevante para verificar se houve quebra de contrato por conta da revenda de tarifas online.