Perspectivas do Setor

Como proteger seus negócios das novas táticas usadas por cibercriminosos

 | Salvar
Assim como a demanda está crescendo em algumas partes do mundo, os ciberataques voltaram a aumentar, agora com novas táticas. Para proteger os seus negócios e os hóspedes contra vazamentos de dados, é essencial conhecer essas novas ameaças. Assim, você pode reconhecer os sinais de alerta de qualquer atividade suspeita

Uma das maiores prioridades da Booking.com é a segurança e a proteção de dados. Afinal, a confiança e a segurança são vitais para nossa plataforma. O Coronavírus acelerou a transformação digital de muitas empresas, e os cibercriminosos estão aproveitando o clima atual para aumentar seus ataques. Ainda que incidentes sejam raros – nossas esquipes especializadas usam tecnologias de ponta para monitorar, detectar e bloquear atividades suspeitas 24 horas por dia –, é importante que você saiba as informações e os recursos necessários para manter a segurança de seus negócios e dos dados pessoais aos quais tem acesso na nossa plataforma.

Golpes com acesso remoto ao computador

As 2 principais ameaças à segurança continuam sendo o phishing e a engenharia social. No entanto, os ataques estão cada vez mais sofisticados, e os criminosos estão recorrendo a novas técnicas para enganar suas vítimas. Uma técnica de engenharia social que ganhou popularidade desde o início da pandemia, devido à nova realidade do home office, são golpes em que os criminosos acessam remotamente o computador da vítima. Os criminosos convencem as pessoas a instalarem softwares de acesso remoto ao computador – como AnyDesk, TeamViewer e GoToMeeting – e com isso podem controlar o dispositivo e acessar informações pessoais.

Esses criminosos geralmente fingem fazer parte da equipe de help desk da empresa e seguem um roteiro dizendo que querem prestar ajuda. Eles podem soar profissionais, bem informados e criar uma sensação de urgência para que você pense que estão resolvendo um problema para você. Eles usam jargões técnicos para intimidar as pessoas e fazê-las revelar informações. É importante lembrar que os funcionários da Booking.com jamais vão perguntar ou exigir suas credenciais de acesso à extranet, seu código de autenticação de 2 fatores (2FA) ou pedir acesso remoto a qualquer um dos seus equipamentos. 

Ainda que softwares de acesso remoto possam servir a um propósito legítimo, vale a pena verificar se você tem aplicativos de acesso remoto de terceiros instalados em seus dispositivos. Se eles não forem necessários para suas operações diárias, considere excluí-los. Além disso, verifique quais funcionários têm permissão de usuário para instalar esses programas. Com isso, você pode evitar que esses aplicativos sejam usados por criminosos.

Como reconhecer táticas de engenharia social e phishing

Nesta sessão do evento Click. 2021, Valentina Bonsi, Diretora de Cibersegurança, e Ben Carrall, Diretor de Segurança Global, conversam com Amir Naveh, Gerente de Comunicações e Conscientização sobre Segurança, sobre phishing e engenharia social. Aprenda com nossos especialistas quais são os sinais de um ataque, confira dicas contra ameças on-line e saiba quais são os alvos mais comuns de cibercriminosos e por quê.

Buscamos atualizar constantemente nossos processos e sistemas para garantir uma segurança robusta em nossa plataforma. No entanto, é essencial que você permaneça vigilante. Caso suspeite ter sido vítima de um ciberataque, tenha fornecido informações sigilosas a uma terceira parte não autorizada ou tenha notado atividades suspeitas na sua conta, entre em contato com nossa equipe de segurança em até 24 horas via report.booking.com. Nossas equipes vão investigar o caso imediatamente e tomar medidas corretivas, se necessário.

 

Image
Person using laptop
Saiba mais sobre cibersegurança

Saiba mais sobre as pessoas e os processos que estão te protegendo e por que a segurança é uma de nossas prioridades.

Soluções

Qual sua opinião sobre essa página?

Aprendizado
  • Desde o início da pandemia, houve um aumento de golpes que envolvem o acesso remoto a computadores. Os criminosos estão usando táticas para controlar o seu dispositivo e ter acesso a informações pessoais
  • É importante lembrar que os funcionários da Booking.com jamais vão perguntar ou exigir suas credenciais de acesso à extranet, seu código de autenticação de 2 fatores (2FA), ou pedir acesso remoto a qualquer um dos seus equipamentos.
  • Caso acredite ter sido alvo de um ciberataque, entre em contato com nossa equipe de segurança em até 24 horas via report.booking.com