Apresentamos o programa Viagens Sustentáveis

Uma nova maneira de reconhecer suas práticas sustentáveis e de divulgá-las entre os viajantes – por um futuro melhor.

Saiba mais

Perspectivas do Setor

Minha experiência no Short Stay Summit

 | Salvar
O Gerente Regional Ryan Pearson conta o que aprendeu no Short Stay Summit deste ano

O Short Stay Summit foi o primeiro evento do setor na Europa desde que a região entrou em lockdown no ano passado e ocorreu este mês em Londres. Falamos com Ryan Pearson, Gerente Regional na Booking.com, para saber como foi sua experiência e descobrir quais foram os principais tópicos discutidos pelos participantes. 

Click.: Para quem ainda não sabe, como é o Short Stay Summit?

Image
Ryan Pearson

Pearson: O Short Stay Summit é uma ótima maneira de nos conectarmos com parceiros novos e existentes. O evento proporciona a oportunidade de entrar em contato com uma grande variedade de expositores, interagir com líderes do setor, participar de conversas, painéis de discussão e sessões instigantes. 

Como o nome em inglês indica, o principal foco do evento é o setor de aluguéis de curta duração, como casas, apartamentos e lugares únicos para ficar. Existe uma variedade de expositores, que vão desde plataformas de viagem on-line (como nós), até provedores de serviço de conectividade, empresas de software e distribuidores da cadeia de suprimentos. 

Este ano também foi empolgante e emocionante para todos. A última vez que o evento foi realizado foi em março de 2020. Esse também foi o último evento do setor de que eu participei antes das restrições relacionadas ao Coronavírus (COVID-19) serem implementadas. Então, foi como se um ciclo tivesse terminado. Parecia que estávamos retomando nossas atividades do ponto onde tínhamos parado. 

 

Click.: Quais foram os principais temas debatidos?

Pearson: A maior dúvida de todos era a respeito do retorno total da demanda e se a demanda atual – seja a lazer, doméstica ou rural – vai continuar. Acredito que no Reino Unido essas tendências devem continuar em 2022. As pessoas estão começando a viajar, mas ainda existem restrições em muitas partes do mundo. 

Nosso lançamento das estadias longas deu o que falar. No passado, as pessoas podiam reservar estadias de no máximo 28 diárias na nossa plataforma. Recentemente, expandimos esse período para 45 dias para propriedades no mundo todo (com algumas exceções). Os parceiros já ouviram as estatísticas relacionadas à demanda por estadias longas, mas mostrar para eles que estamos investindo nessa tendência demonstra que ela é uma realidade. Foi uma novidade empolgante de contar para os participantes. 

Também falei sobre nossas inovações nas pesquisas e como estamos otimizando a experiência de pesquisa para os hóspedes – seja destacando Acomodações Inteiras ou nosso Programa Bom para Trabalhar – além das mudanças que fizemos para aumentar a visibilidade das informações úteis das propriedades, como medidas sustentáveis e protocolos de saúde e segurança implementados. Foi encorajador ver que esses tópicos foram bem recebidos pelos participantes. 

Os assuntos recorrentes (tecnologia, profissionalização e regulamentação da indústria) também foram temas de conversas interessantes, especialmente sobre tópicos como certificações e softwares para gestores de aluguéis de curta duração. 

Click.: Você participou de um bate-papo no evento. Quais foram os principais temas abordados?

Pearson: Os protagonistas do momento são os dados. Ninguém tem uma bola de cristal que consegue prever o futuro, mas os dados proporcionam fortes indícios. Nesse bate-papo sobre o futuro da indústria de aluguéis de temporada (Outlook on the VR industry and what’s ahead), eu falei sobre as melhorias que fizemos no painel de análise de dados na extranet. A partir de lá, é possível entender quem pesquisa e reserva sua propriedade, de onde vêm os possíveis hóspedes, quais dispositivos eles usam, quais são as políticas mais populares e muito mais. Além de oferecer informações importantes sobre sua propriedade, o painel também fornece insights valiosos sobre sua localização, e isso pode te ajudar a otimizar seu anúncio para atender à demanda. 

Outro tema foi a disponibilidade. Vemos que algumas pessoas continuam fazendo reservas de última hora. Se for uma terça-feira e você ainda não tiver vendido o final de semana, é preciso verificar quais são suas restrições e considerar eliminar algumas. Se você estiver esperando uma estadia de no mínimo 3 diárias, isso significa que sua propriedade não ficará visível para hóspedes que procurarem um bate-volta no fim de semana. Além disso, não se esqueça de repor rapidamente a disponibilidade de qualquer unidade cancelada. Essas medidas podem aumentar as chances de a sua propriedade ser vista pelos clientes. 

Eu também destaquei a importância da transparência. Sejam os protocolos de saúde e segurança, práticas sustentáveis ou instalações e comodidades da propriedade, os hóspedes querem saber exatamente o que vão encontrar. Isso afeta diretamente as notas de avaliação dos nossos parceiros. Notas altas indicam que as expectativas dos hóspedes estão sendo atendidas e gerenciadas. 

Click.: Para você, qual foi o maior destaque do evento?

Pearson: A atitude positiva dos participantes foi inspiradora. Existe uma sensação real de resiliência na nossa indústria. Foi inspirador voltar lá e ver todos interagindo pessoalmente de novo. Falamos muito sobre as tendências que estamos observando e o que temos feito para estimular a demanda e impulsionar o setor. Foi emocionante receber tanto feedback positivo sobre essas conversas. 

 

Image
partner_community_booking.com
Continue a conversa

Conecte-se com outros parceiros na nossa Comunidade de Parceiros

Comunidade de Parceiros

Qual sua opinião sobre essa página?

Aprendizado
  • O Short Stay Summit 2021 foi o primeiro evento do setor realizado na Europa desde que a região entrou em quarentena no ano passado e ocorreu este mês, em Londres
  • Em seu bate-papo, o Gerente Regional Ryan Pearson compartilhou informações sobre nossos investimentos em estadias longas e inovações nas pesquisas
  • Os principais tópicos foram tecnologia, dados e a profissionalização contínua da indústria de aluguel de curta duração