Tendências e Insights

Nova pesquisa revela insights sobre o comportamento de clientes em estadias longas

 | Salvar
Entrevistamos 2.735 pessoas que fizeram reservas longas (entre 7 diárias e 6 meses de duração) e revelamos insights sobre o comportamento, preferências e percepções desses clientes

As estadias mais longas estão em alta e, cada vez mais, viajantes de todos os tipos querem se hospedar em um só lugar por um período maior. Isso se reflete em nossa plataforma, onde atualmente vemos uma proporção maior de reservas para 7 dias ou mais do que na mesma época em 2019.

Para te ajudar a aproveitar essa tendência, entrevistamos 2.735 clientes em busca de estadias longas dos EUA, Reino Unido, França, Alemanha, Rússia, Emirados Árabes Unidos e Japão. Essas pessoas foram as principais responsáveis por tomar as decisões de viagem. Nos últimos 6 meses, elas fizeram viagens que duraram entre 7 diárias e 6 meses. O que é importante para esses viajantes e como você pode atraí-los na nossa plataforma? Vamos analisar o que descobrimos.

Negócios, lazer ou outro tipo de viagem?

Para começar, o maior motivo da viagem era ‘lazer’: sair de férias para descansar e relaxar, independentemente da duração da estadia. Entretanto, conforme a duração da estadia aumentava, maior era a probabilidade de o motivo da viagem ser ‘negócios’. Existem, claro, inúmeros outros motivos para fazer uma viagem de longa duração, como mudar temporariamente de casa durante uma reforma ou para fazer um tratamento médico específico. Além disso, é muito comum que os viajantes combinem viagens pessoais e a trabalho. Não importam quais sejam os motivos individuais, quem respondeu ‘outro’ nessa pesquisa provavelmente viajaria por ao menos 2 semanas.

Além disso, os entrevistados viajaram com seus cônjuges (e filhos, caso tivessem). Apenas cerca de 1 viajante a cada 5 se aventurou por conta própria.

Viagens domésticas vs. internacionais

Com tantas pessoas impedidas de viajar para o exterior no ano passado, não é surpreendente que a maioria dos entrevistados relatou estadias domésticas. Mas, ao responderem perguntas relacionadas, eles indicaram que viagens de menos de 2 semanas têm mais probabilidade de serem domésticas. Por outro lado, é mais provável que viagens de mais de 2 semanas sejam internacionais.

Como os clientes de estadias longas têm uma forte tendência a fazer viagens internacionais, você pode atraí-los com Tarifas por país.

Quem opta por estadias longas acaba preferindo aluguéis de temporada

A preferência por grandes hotéis diminui significativamente à medida que as estadias aumentam. No final das contas, essas pessoas acabam escolhendo aluguéis de temporada. Por exemplo: 1 a cada 3 pessoas que viajaram por até 2 semanas reservou um hotel de uma rede grande. Por outro lado, só 1 a cada 5 pessoas que viajaram por 4 semanas fez o mesmo.

Isso é ótimo para parceiros de aluguéis de temporada, casas e apartamentos, que parecem ter uma vantagem no mercado de estadias mais longas. 

Image
Hiking

 

Viajantes de negócios que reservam estadias longas sabem o que querem

No estudo, as pessoas que viajaram a trabalho, incluindo trabalho remoto, expressaram fortes preferências pelo que queriam. Essas pessoas eram mais propensas a procurar acomodações com opções flexíveis de cancelamento, que proporcionassem a possibilidade de prolongar a estadia e que oferecessem check-in 24 horas, todos os dias. 

Todas essas preferências juntas podem parecer excessivas, mas isso realça importância de oferecer flexibilidade para viajantes de negócios que reservam estadias de longa duração. Se esses hóspedes reservarem estadias mais longas e lucrativas, faz sentido oferecer uma tarifa para hospedagens de longa duração e políticas que procurem atender a essas necessidades.

Apesar disso, várias respostas estavam de acordo com dados convencionais a respeito das preferências dos viajantes de negócios: bom Wi-Fi, iluminação natural e ar-condicionado são comodidades importantes, enquanto limpeza, estacionamento e café da manhã são serviços importantes. Essas mesmas características já estavam associadas a viajantes de negócios em pesquisas anteriores.

Necessidades únicas dos clientes que se hospedam por períodos maiores

Alguns detalhes da acomodação ganham mais importância conforme as estadias se prolongam. Por exemplo: é provável que um espaço exclusivo para trabalhar e uma máquina de lavar sejam importantes para quem viaja por mais de 2 semanas. Se você oferece comodidades desse tipo, é interessante indicá-las na extranet para que elas apareçam na página da sua propriedade.

Clientes que se hospedam por mais de 2 semanas têm mais probabilidade de escolher uma propriedade com base na localização, mas têm menos probabilidade de se interessar nas informações sobre o bairro e nas avaliações do que hóspedes que reservam estadias curtas. Se você criar seu próprio guia local para hóspedes, considere incluir informações úteis para uma pessoa que se hospedaria por um período mais longo. Alguns exemplos são itinerários de transporte público, o endereço da agência dos correios mais próxima ou uma lista de espaços de coworking nas redondezas.

Uma janela de reserva maior para estadias longas

A maioria dos viajantes que entrevistamos reservaram acomodações até 4 semanas antes da estadia, mas, quanto maior a estadia, maiores as chances de a reserva ser feita com ainda mais antecedência.

No estudo, a maioria dos hóspedes reservou acomodações com 1 ou 2 semanas de antecedência. Para estadias de 7 a 13 diárias, era mais provável que os clientes reservassem com apenas 2 a 7 dias de antecedência. Porém, viajantes que se hospedaram por 14 diárias ou mais tinham mais probabilidade de reservar com 2 a 4 semanas de antecedência. Isso ressalta a importância de diversificar sua disponibilidade para que sua propriedade seja encontrada por todos os potenciais hóspedes. 

Esse foi o caso para viagens a lazer e a trabalho, mas uma exceção significativa envolve os viajantes individuais. Enquanto os casais eram mais propensos a reservar com antecedência, os viajantes individuais tinham mais probabilidade de reservar uma estadia longa de última hora. Definir preços com base na ocupação para seus quartos pode ajudar a atrair esses clientes e ocupar um quarto de última hora por um longo período.

Onde eles escolhem fazer a reserva?

Antes de reservar uma estadia longa, os entrevistados disseram que cogitaram reservar em plataformas de viagem on-line, diretamente com a propriedade ou em um site de comparação de preços. A maioria deles acabou escolhendo uma plataforma de viagens on-line, citando a 'facilidade de uso' como motivo.

Considerando que lançamos tarifas semanais e tarifas mensais ampliadas no ano passado, essa pesquisa mostra uma afinidade forte com a nossa plataforma, pois ela é um lugar que os consumidores procuram quando reservam uma estadia mais longa.

 

Image
Country home
Tarifas para estadias longas

Para atrair a demanda cada vez maior por estadias longas, configure uma tarifa semanal ou uma tarifa mensal na extranet.

Acesse a extranet

Qual sua opinião sobre essa página?

Aprendizado
  • Em geral, conforme a duração da estadia aumenta, as características das viagens mudam gradualmente de lazer para negócios, de domésticas para internacionais e de grandes redes de hotelaria a aluguéis de temporada
  • Quem viaja a trabalho (incluindo o trabalho remoto) tem preferências mais fortes e mais necessidade de flexibilidade na hora de escolher uma estadia de longa duração
  • Os entrevistados afirmaram que a janela de reserva aumenta à medida que as estadias ficam maiores, exceto para um grupo importante que pode ser um bom público-alvo para ofertas de última hora para estadias de longa duração: viajantes individuais
  • Certos detalhes da acomodação se tornam mais importantes à medida que as estadias ficam mais longas, como espaços exclusivos para trabalhar e máquinas de lavar