Apresentamos-lhe as Viagens Sustentáveis

A nossa nova forma de reconhecer os seus esforços de sustentabilidade e de os promover junto dos viajantes – para garantir um amanhã melhor.

Descubra mais

Como garantir a segurança da propriedade e preparar-se para emergências

Preparar a sua casa ou apartamento para os hóspedes

Atualizado Há 11 meses
Guardar

Levamos a segurança a sério. E queremos que você também. Reunimos este guia para lhe mostrarmos como pode lidar de forma proativa com questões de segurança dos hóspedes, garantir a segurança da sua propriedade e preparar-se para emergências. Se quiser tomar mais ações, consulte o nosso guia: Como fortalecer a segurança da sua propriedade 

Estas dicas de segurança são voltadas para casas e apartamentos, que podem ser regidos por leis diferentes das regulamentações dos hotéis e hostels. Recomendamos que tenha uma ligação proativa com os hóspedes e que os informe sobre todos os dispositivos de segurança que disponibiliza. Certifique-se de que sabem que estará sempre disponível para os ajudar a orientar e conectar com os recursos locais em caso de emergência.  

As suas leis locais podem ou não abordar detalhes sobre essas questões e, por isso, encorajamos que faça a devida diligência e entenda as suas responsabilidades enquanto anfitrião. Assegure-se de que cumpre todas as leis e regulamentos, ao mesmo tempo que oferece um local seguro e confortável para os seus hóspedes desfrutarem da estadia.

Não há melhor momento do que este para se preparar para o inesperado. Dedicar alguns minutos para rever as medidas de segurança da sua propriedade não só lhe trará tranquilidade, como também a sua preparação e diligência poderão fazer uma enorme diferença na vida de alguém. Cada casa/apartamento é diferente, mas existem alguns dispositivos básicos de segurança que deve instalar na sua propriedade. 

Detetores de fumo

As leis de prevenção de incêndio variam consideravelmente de local para local. Deve familiarizar-se com os regulamentos locais. Encorajamos que instale, pelo menos, um detetor de fumo em cada piso da sua casa ou apartamento e um dentro (ou fora) de cada quarto. Teste-os pelo menos uma vez por mês e instale pilhas novas regularmente.

Detetores de monóxido de carbono

O monóxido de carbono é um gás sem cor, sabor ou odor que pode ser mortal se inalado por muito tempo. Este gás é produzido por dispositivos de queima de combustível, como fornos, fogões, aquecedores ou aparelhos que possam estar a queimar de forma incompleta ou ineficiente. Estes dispositivos de deteção podem ser colocados em qualquer lugar, mas deve incluir pelo menos um em cada quarto com um dispositivo de queima de combustível. Deve testar as baterias uma vez por mês e instalar novas baterias regularmente. Estes dispositivos devem ser substituídos a cada 5 a 7 anos. Cada vez mais, pode comprar dispositivos que combinam a deteção de fumo e de monóxido de carbono.

Extintores de incêndio

Deve ter pelo menos um extintor de incêndio na sua casa ou apartamento, de forma bem visível e facilmente acessível. Esteja ciente de que os extintores de incêndio são projetados para combater tipos específicos de incêndio. Por essa razão, veja com atenção o “grau” do dispositivo que está a adquirir. A maioria dos incêndios domésticos começa na cozinha, portanto, considere colocar um extintor de incêndio ao lado do fogão. Quer fazer mais? Pode comprar latas de spray aerossol de baixo custo para extintores de incêndio com o objetivo de complementar os extintores de incêndio de tamanho normal.

Cacifos e cofres

Embora não seja estritamente necessário, os hóspedes que estão longe de casa e num lugar desconhecido, sem dúvida apreciarão ter um lugar seguro para deixar os seus pertences mais valiosos. São recomendados cacifos digitais ou LED sem teclas físicas. Os cacifos presos às paredes ou móveis são inerentemente mais seguros.

Escadas de fuga e planos de emergência

Obviamente, nem todas as casas precisam de uma escada de emergência, mas se a sua tem mais do que um piso, deve ter um plano para evacuações de emergência dos pisos superiores. Pondere desenhar um mapa da rota de fuga ou listar etapas detalhadas a serem seguidas pelos hóspedes em caso de emergência. 

Como devo comunicar a presença de dispositivos de segurança aos meus hóspedes? 

  • Indique a presença de dispositivos de segurança na secção “Comodidades e Serviços” da extranet

  • Mostre aos hóspedes onde os dispositivos de segurança estão localizados durante o check-in.

  • Inclua essas informações num cartão de segurança para os seus hóspedes.

  • Incentive os hóspedes a informar de quaisquer ruídos do dispositivo ou caso as luzes comecem a piscar. Falsos alarmes podem indicar bateria fraca ou mau funcionamento do aparelho.

Fornecimento de emergência

É impossível prever todas as emergências, mas pode garantir que os seus hóspedes estão preparados para o inesperado, fornecendo-lhes um kit de primeiros socorros mais completo e um cartão de segurança com os números de emergência e os procedimentos a serem seguidos. Se a sua localização geográfica é propensa a um tipo específico de emergência (ex.: inundações, incêndios florestais, terramotos), os seus hóspedes vão agradecer certamente um kit de sobrevivência, bem como informações sobre como responder a esses tipos de emergências.

Kit de primeiros socorros

Pode encontrar vários kits de primeiros socorros pré-embalados que contêm os itens essenciais que os seus hóspedes precisarão para pequenos cortes e hematomas. A Cruz Vermelha sugere que inclua:

  • 2 compressas absorventes

  • 25 pensos de vários tamanhos

  • 1 fita adesiva de tecido

  • 5 embalagens de pomada antibiótica

  • 5 embalagens de toalhitas antisséticas

  • 2 embalagens de aspirina

  • 1 cobertor de emergência

  • 1 barreira respiratória com válvula unidirecional

  • 1 compressa fria instantânea

  • 2 pares de luvas (sem látex)

  • 2 embalagens de pomada de hidrocortisona 

  • 2 ligaduras variadas

  • 5 compressas de gaze esterilizadas 

  • Termómetro oral 

  • 2 ligaduras triangulares 

  • Pinças

  • Guia de primeiros socorros de emergência

Os seus hóspedes podem considerar que é um anfitrião especialmente atencioso se incluir extras como antiácidos ou laxantes. Considere adicionar itens que podem ajudar a aliviar o desconforto de uma lesão ou doença que sejam adequados para crianças e estejam disponíveis para compra sem receita médica. Ninguém gosta de parar as suas férias para cuidar de um corte ou entorse, e ter um kit de primeiros socorros bem abastecido quando ocorre uma lesão pode ser um verdadeiro alívio. 

Cartão de segurança

Se algo de errado acontecer, os seus hóspedes devem ter mais do que apenas o seu número de telefone. Recomendamos a criação de um cartão de segurança que reúna todas as suas informações de segurança num pedaço de papel prático, que pode plastificar e colocar num local de destaque. 

O que deve colocar no seu cartão de segurança:

  • Morada oficial da sua propriedade

  • Localização dos detetores de fumo 

  • Localização dos extintores de incêndio

  • Localização do kit de primeiros socorros

  • Instruções para desligar manualmente o gás, a água e a eletricidade

  • Instruções detalhadas da saída de emergência 

  • Lista de contactos com números de telefone de emergência:

I. Polícia, bombeiros e hospital

II. O seu número de contacto

III. Um contacto de reserva, caso não seja possível entrar em contacto consigo

Como devo comunicar a presença de comodidades de segurança aos meus hóspedes? 

  • Mostre aos hóspedes onde os itens de emergência estão localizados durante o check-in.

  • Inclua a localização do kit de primeiros socorros num cartão de segurança para os seus hóspedes.

  • Incentive os hóspedes a relatar-lhe diretamente quaisquer ferimentos para que possa prestar ajuda adicional, se necessário.

Considera este artigo útil?