Atualizado Há 9 meses
Guardar

Desde que o plástico começou a ser produzido em massa na década de 1950, cerca de 6 300 milhões de toneladas do mesmo foram deitadas fora. E, com apenas 9% do lixo plástico global a ser reciclado, estes itens estão a acumular rapidamente nos aterros sanitários e nos oceanos.

Pode ser difícil imaginar a gestão de uma propriedade sem plástico. Afinal, os itens de plástico como garrafas de água, produtos de higiene pessoal e palhinhas fazem parte da configuração padrão há décadas. Os hóspedes também se tornaram dependentes desses itens convenientes e "seguros" – com embalagens de plástico brilhante, associando-os a frescura, novidade e limpeza num ambiente desconhecido. 

A boa notícia é que todos os tipos de propriedades já estão a implementar alternativas sustentáveis – e está a correr bem. Desde palhinhas de bambu a garrafas de água em aço inoxidável, as novas soluções estão a mudar os velhos hábitos da indústria hoteleira, provando que é possível os hóspedes e os parceiros adaptarem-se.   Nesta secção, iremos abordar os benefícios ambientais, sociais e financeiros de reduzir o consumo de plástico na sua propriedade. Também iremos partilhar conselhos práticos sobre como começar a fazer alterações, contando com a ajuda dos especialistas da Travel Without Plastic.

Itens de plástico descartáveis que é provável estar a usar na sua propriedade
Garrafas de água ou de bebidas
Palhinhas e misturadores
Copos de plástico e poliestireno
Produtos de higiene pessoal em miniatura e palitos
Pratos e talheres descartáveis
Embalagens de alimentos (como os de iogurtes e embalagens individuais de condimentos)
Sacos de chá embalados em plástico, cápsulas de café e stock do minibar
Embrulhos em plástico (à volta de copos limpos ou outros itens)
Quatro benefícios de reduzir o consumo de plástico
  1. O plástico leva até 1 000 anos para se decompor – Podemos usar, deitar fora ou deixar esquecidos os itens de plástico descartáveis, mas a grande maioria irá ficar por cá mais tempo do que todos nós. Desde palhinhas e misturadores com ciclos de vida de 200 anos, a garrafas de plástico com ciclos de 450 anos, até aos sacos de plástico com ciclos de 1 000 anos. Isto prejudica a vida selvagem, danifica os ecossistemas da Terra e coloca microplásticos na cadeia alimentar.  
  2. A produção ainda está a crescer – assim como as emissões de carbono 300 milhões de toneladas de plástico novo são produzidos a cada ano. E, se continuarmos com os nossos hábitos atuais, esse número deverá quadruplicar até 2050. As emissões de carbono geradas contribuem ativamente para as mudanças climáticas, além de usarem recursos não renováveis como petróleo e carvão. Estamos a utilizar rapidamente o nosso orçamento global de carbono.  
  3. Pode poupar dinheiro no seu negócio – Um teste da Travel Without Plastic concluiu que um hotel de tamanho médio com 150 quartos poupou uma média de € 5 000 num período de 6 meses ao deixar de usar plástico descartável. As poupanças variam de acordo com o tamanho da sua propriedade, os plásticos que usa agora e as soluções que escolhe, mas estas estatísticas mostram que fazer uma mudança pode beneficiar o seu negócio a longo prazo.   
  4. Poluição de plástico = receita perdida – O estado da Califórnia estima que os restos de plástico que se acumulam ao longo da costa custam à região cerca de $ 68 milhões por ano em receita perdida com o turismo. Para um exemplo ainda mais extremo, em 2018, a Ilha de Boracay, nas Filipinas, ficou fechada ao público para uma limpeza de 6 meses. Desde a reabertura, o plástico descartável foi totalmente proibido.
Como reduzir o consumo de plástico

 

Faça um inventário

Para reduzir o uso de plástico, primeiro tem de perceber qual é o seu consumo atual. Faça um inventário dos itens de plástico descartáveis que tem na sua propriedade, apontando as quantidades e os custos. Ao fazer isso, poderá ver rapidamente onde estão as grandes oportunidades. A Greener Guest – uma iniciativa da Travel Without Plastic – oferece um conjunto de ferramentas que pode descarregar com uma folha de cálculo pronta para ajudar nas suas contas. Será o seu guia durante o processo passo a passo para que possa decidir por onde começar com mais facilidade.  

Considere o essencial

Depois de ter o inventário completo, pode surpreender-se com o volume de itens de plástico que usa na sua propriedade. Analise atentamente esta lista e considere se tudo o que há é, de facto, necessário. Pode evitar alguns destes itens por completo ou procurar alternativas que sejam multifuncionais?  

Pesquise as alternativas que pode adotar  

Não existe uma solução única para todos os casos de cortes na utilização do plástico. As alternativas que adota podem variar consoante o tipo de propriedade que gere, as comodidades que possui e os hóspedes que atrai. Pesquisar as várias alternativas sustentáveis no mercado pode ajudar na sua decisão sobre o que pode funcionar para a sua propriedade. Para devolver o dinheiro à economia local e manter a sua pegada ecológica baixa, também pode verificar que produtos estão disponíveis para compra na sua área circundante. 

Aqui estão as nossas sugestões para algumas alternativas simples ao plástico:

Use dispensadores recarregáveis para produtos de higiene, em vez de frascos individuais
Troque os copos de plástico ou de poliestireno por copos duráveis e multiusos
Substitua a água engarrafada por dispensadores de água – ou, se a água da torneira for potável, rotule-a claramente para que os hóspedes possam ver
Promova garrafas reutilizáveis vendendo ou oferecendo aos seus hóspedes (se isso for viável para si)
Forneça palhinhas de metal ou bambu, em vez de palhinhas de plástico
Procure alternativas criativas para embalagens de plástico, como tecido reutilizável ou papel reciclável

 

Envolva a sua equipa

Quer tenha uma equipa de 2 ou 200 pessoas, é importante que todos se sintam motivados com as mudanças que está a planear fazer. Uma maneira de conseguir isso é fazer um workshop. Nesta sessão, pode abordar temas como a importância de cortar no uso do plástico e pedir aos membros da equipa que partilhem as suas próprias ideias.

Se a sua equipa estiver entusiasmada e empenhada, certamente estará comprometida em garantir que as suas novas soluções sejam um sucesso. A equipa também se sentirá capacitada para falar do assunto com os seus hóspedes – transmitindo igualmente esse entusiasmo. 

Conte sobre as suas iniciativas aos seus hóspedes

A pesquisa mostra que as viagens sustentáveis estão a tornar-se numa prioridade para os viajantes, com cerca 58% a mostrar-se mais determinado em fazer escolhas sustentáveis quando comparando com há um ano. Isto significa que é mais provável que os seus hóspedes fiquem felizes com o seu compromisso do que propriamente incomodados. Mas, para que isso aconteça, os seus hóspedes precisam de saber sobre seus esforços. Para começar, certifique-se de que atualiza as suas definições de sustentabilidade na extranet. Isto ajudará a que os clientes ecologicamente conscientes encontrem e reservem a sua propriedade.

Depois, certifique-se de que educa e incentiva os hóspedes durante a estadia. Pondere colocar placas, sinais, cartões ou folhetos informativos ao redor da propriedade. Idealmente, estes devem:

  • Dizer aos hóspedes o que está a fazer no âmbito ecológico Ex.: “Estamos a reduzir a quantidade de plástico que usamos na nossa propriedade.”
  • Partilhe o impacto Ex.: “Até agora, a eliminação do plástico evitou que x% das garrafas de água fossem para o aterro sanitário.”
  • Forneça alguma prova social Ex.: “X% dos hóspedes levam as suas garrafas reutilizáveis para casa. Se gostaria de ficar com a sua, basta informar-nos. ”

As informações que dá aos seus hóspedes podem influenciá-los muito além do check-out. Se adotarem as suas iniciativas durante a estadia, já é um ótimo resultado. Se forem para casa e mudarem os seus hábitos, pode orgulhar-se, pois a sua propriedade também está a causar um impacto duradouro.

Mostre aos viajantes o que está a fazer

Depois de começar a implementar medidas para reduzir o consumo de plástico, ou se já tiver algumas implementadas, pode comunicá-lo aos viajantes através da nossa plataforma. 

Implementou alguma dessas práticas para reduzir o plástico?

Removeu, ou nunca ofereceu, frascos de utilização única de champô, condicionador e gel de banho em miniatura
Removeu, ou nunca ofereceu, palhinhas de plástico
Removeu, ou nunca ofereceu, copos de plástico
Removeu, ou nunca ofereceu, garrafas de água de plástico
Removeu, ou nunca ofereceu, garrafas de plástico de outras bebidas
Removeu, ou nunca ofereceu, talheres e loiça de plástico
Removeu, ou nunca ofereceu, mexedores de plástico

Descubra os nossos outros guias de sustentabilidade:

 

 

Image
water

Reduzir o consumo de água

A água potável está a tornar-se cada vez mais escassa. É por isso que temos de começar já a cortar o consumo de água – e vai ser preciso mais do que apenas pedir aos clientes para reutilizar as toalhas. Mas as vantagens ambientais e financeiras valem o investimento.

Saiba mais

Image
Meeting

Possuir uma certificação ambiental

A certificação mostra ao mundo o seu compromisso com a sustentabilidade. As distinções dão crédito aos seus esforços e ajudam a atrair clientes mais ecológicos, mas o processo em si é ainda mais valioso – ajuda na definição de prioridades para o seu negócio e a preencher lacunas nos seus planos de sustentabilidade.

Saiba mais

Image
Meeting

Definir o ponto de partida da sua estratégia ambiental

No percurso em direção à sustentabilidade, o seu ponto de partida será a sua bússola. Só depois de medir o seu desempenho – por exemplo, em emissões de carbono ou consumo de água – é que pode começar a definir metas e a planear como alcançá-las.

Veja como

Considera este artigo útil?