Atualização das Circunstâncias de Força Maior para as reservas efetuadas durante e/ou depois de abril de 2020

Atualizado Há 6 meses

Neste momento – início do mês de abril – é expectável que os nossos clientes mútuos tenham conhecimento do risco associado à continuada propagação do COVID-19, e do risco que estão a assumir quando fazem novas reservas, especialmente reservas Não Reembolsáveis e Parcialmente Reembolsáveis.

Assim sendo, em todas as novas reservas efetuadas a partir de 6 de abril de 2020, deixaremos de aplicar as Circunstâncias de Força Maior caso os clientes procurem cancelar ou modificar as suas reservas devido ao atual surto de COVID-19. Estas reservas serão tratadas como qualquer outra reserva, segundo as suas condições e procedimentos.

No caso das reservas ativas, efetuadas antes de 6 de abril de 2020, independentemente da data de check-in no futuro: No caso das reservas efetuadas a ou depois de 6 de abril de 2020:
Não há qualquer alteração. Os procedimentos das nossas Circunstâncias de Força Maior, implementados devido às restrições de viagem impostas pelos governos e com base no nosso contrato, continuam a ser aplicados. Os procedimentos das Circunstâncias de Força Maior do COVID-19, que implementámos devido às restrições de viagem impostas pelos governos, não se aplicam.

Antecipamos que mais governos, de outras partes do mundo, irão implementar medidas legais que restrinjam o movimento de pessoas. Os nossos procedimentos das Circunstâncias de Força Maior serão aplicados normalmente a todas as reservas efetuadas antes de 6 de abril de 2020, com check-in em qualquer data futura, sempre que as restrições de viagem impostas por um governo façam com que seja impossível, ilegal ou impeçam os clientes de viajar ou hospedar-se nos alojamentos que reservaram.

Os nossos procedimentos normais são aplicados, incluindo às reservas Não Reembolsáveis e Parcialmente Reembolsáveis. Assim, para as reservas efetuadas a ou depois de 6 de abril de 2020, terá o poder de decidir quando, como ou se pretende reembolsar os cancelamentos de reservas relacionados com o COVID-19, com base na condição escolhida pelo cliente, na sua situação individual, legal e governamental, e de acordo com os direitos do consumidor.
  Vamos incluir um vasto número de novas mensagens no nosso website e app, tanto antes como depois dos clientes efetuarem uma reserva, para informar ainda mais os clientes sobre o risco que estão a assumir quando efetuam uma reserva Não Reembolsável ou Parcialmente Reembolsável a ou depois de 6 de abril de 2020.

Por favor, visite a nossa página “Coronavírus - Apoio ao Parceiro”, onde pode encontrar hiperligações para todas as nossas recomendações e atualizações.

Para mais informação sobre a extensão das condições das Circunstâncias de Força Maior, recomendamos que verifique este artigo diariamente, assim como as questões frequentes dos parceiros aqui.

O que acha desta página?

Atraia a procura nacional: reservas de última hora feitas em dispositivos móveis

À medida que a procura nacional está a aumentar no nosso website, calculamos que 74% das reservas serão feitas através do smartphone. Adicionar uma tarifa para dispositivos móveis aumenta a sua visibilidade para estes clientes, que também têm tendência para efetuar reservas de última hora.

Adicionar tarifa para dispositivos móveis