Normas de Booking.com sobre o bem-estar animal para parceiros provedores de experiências

Atualizado Há 4 meses

A nossa missão em Booking.com é a de dar a todos a possibilidade de explorar o mundo Acreditamos que isto deve ser feito com respeito, humildade e consciência sobre as pessoas, animais, comunidades e meio ambiente. Como líderes da indústria, também temos a responsabilidade de sermos líderes no desenvolvimento do turismo sustentável, de modo a assegurarmos que as futuras gerações também podem desfrutar da beleza do nosso planeta.

 

Baseamos as nossas normas nas Cinco Liberdades para as necessidades básicas dos animais que estão sob o cuidado de seres humanos:

 

  1. O animal não padece de fome ou sede pois tem acesso direto a água fresca e uma dieta apropriada que o mantenha saudável e com energia.  

  2. O animal não sofre desconforto uma vez que deve estar num local apropriado, incluindo um abrigo e uma área de estar confortável.  

  3. O animal não sofre dor, lesões ou enfermidades porque é tratado com respeito, garantindo uma gestão animal de qualidade e acesso a veterinário.  

  4. O animal pode mostrar o seu comportamento habitual porque tem espaço suficiente, um ambiente que recria o seu habitat natural e está acompanhado por animais da sua espécie.  

  5. O animal não sofre medo ou angústia porque são garantidas as condições e os tratamentos necessários para evitar o seu sofrimento mental.

 

Tendo em conta os pontos acima, Booking.com não contratará, oferecerá ou promoverá:

 

  • Interação direta com animais selvagens de algumas espécies*

  • Espetáculos de animais e circo que envolvam animais selvagens de algumas espécies*

  • Lutas de animais de qualquer espécie (ex.: luta de ursos acorrentados, lutas entre crocodilos, luta de galos, tourada)

  • Corridas de animais de qualquer espécie (ex.: corrida de cavalos, corrida de galgos, corrida de avestruzes, rodeios, polo em elefantes)

  • Caça de troféus, caça fechada

  • Passeios em animais selvagens (ex.: passeio em elefantes, passeio em avestruzes)

  • Visitas a aquários com baleias ou golfinhos em cativeiro

  • Visitas a instalações onde animais selvagens são criados propositalmente para meios comerciais, incluindo: Quintas de crocodilos, quintas de café de civeta, quintas de bílis de urso, quintas de tartarugas, quintas de tigres, quintas de serpentes

  • Visitas a locais onde podem ser comprados produtos cuja origem são animais selvagens (ex.: carapaça de tartaruga, carne de tartaruga, pele de cobra, cabeça de crocodilo)

 

*Onde “animais selvagens de algumas espécies” é mencionado, entenda-se;

  • Golfinhos (incluindo orcas), baleias e botos

  • Elefantes

  • Ursos

  • Grandes felinos (incluindo leões, tigres, leopardos e chitas, entre outros)

  • Orangotangos e outros primatas

  • Preguiças  

Booking.com irá trabalhar com:

 

  • Santuários de animais onde o objetivo principal seja beneficiar o animal

  • Zoos e aquários que são membros de uma entidade credível (ex.: WAZA, EAZA ou AIZA) e que cumpram com os requisitos necessários

  • Locais onde é possível observar os animais selvagens no seu habitat (semi) natural

  • Visitas ecológicas responsáveis e educacionais

  • Observação responsável de baleias e golfinhos

  • Safaris responsáveis: ver os animais selvagens no seu habitat natural

  • Passeios ou interações com animais domesticados (ex.: passeio a cavalo), desde que os proprietários e provedores cumpram todos os nossos requisitos

 

O que acha desta página?

Atraia a procura nacional: reservas de última hora feitas em dispositivos móveis

À medida que a procura nacional está a aumentar no nosso website, calculamos que 74% das reservas serão feitas através do smartphone. Adicionar uma tarifa para dispositivos móveis aumenta a sua visibilidade para estes clientes, que também têm tendência para efetuar reservas de última hora.

Adicionar tarifa para dispositivos móveis