Que definições devo verificar para cumprir as diretivas da União Europeia sobre os Direitos do Consumidor?

No dia 1 de setembro de 2019, mudaremos a forma como mostramos os preços aos clientes da Europa.

Esta alteração foi feita para garantir que todas as propriedades em Booking.com cumprem as leis do consumidor da União Europeia, que visam fornecer transparência na exibição de preços por empresas on-line. Para evitar qualquer confusão por parte dos hóspedes, os registos de Booking.com irão refletir todos os custos obrigatórios, mesmo que tenham sido previamente definidos como não incluídos. Além disso, os registos não mostrarão mais nenhum custo obrigatório como "incalculável" ou como "poderá variar".

 

Para já, só serão afetados os clientes baseados na Europa, no entanto acreditamos que a transparência é importante para todos os clientes. Portanto, independentemente de receber ou não regularmente reservas de hóspedes europeus, pedimos que faça algumas atualizações em algumas definições da sua extranet. Tenha em atenção que, sem essas atualizações, o seu registo poderá não cumprir os direitos dos consumidores da União Europeia e poderemos ter de remover temporariamente a sua propriedade de Booking.com.

Para garantir que o seu registo está em conformidade com essas leis, verifique a sua pré-autorização, custos adicionais (incluindo impostos locais e outras taxas adicionais) e configurações de condições para crianças na sua extranet. Abaixo encontra instruções passo a passo de como o fazer.

 


1. Pré-autorização

A legislação da UE exige que todos os parceiros mencionem se pré-autorizam os cartões de crédito dos clientes ou não. Se pré-autorizar os cartões de crédito dos clientes – ainda que ocasionalmente – precisa de apresentar:

  • O valor da pré-autorização;

  • Quando é que faz a pré-autorização;

  • Em que condições da reserva faz a pré-autorização.

Se não efetua nenhuma pré-autorização, também terá de o indicar.  

Para atualizar as definições da sua pré-autorização, siga os seguintes passos:

  1. Inicie sessão na extranet e vá ao separador "Propriedade".

  2. Clique em "Condições" e vá até "Preferências de pré-autorização".

  3. Depois, clique em "Atualizar preferências" e selecione as suas preferências.

  4. Clique em "Guardar".

 

Atualizar as minhas definições

 


2. Custos adicionais: Impostos locais e outras taxas adicionais

Para estar em conformidade com a regulamentação, também precisará de especificar todas as taxas obrigatórias, impostos, encargos e outros componentes de preço, incluindo o preço que os seus clientes têm de pagar se estiverem a viajar com crianças. Componentes de preço, como impostos ou taxas extras para toalhas, já não podem ser definidos como "incalculáveis".

Que custos adicionais estão incluídos?

  • Todas as taxas obrigatórias. Isto inclui qualquer taxa que o cliente espera ou seja obrigado a pagar, seja para si ou através de si para outras autoridades, em virtude de reservar a sua propriedade ou ficar lá hospedado.
  • Taxas opcionais ou condicionais não estão incluídas. Estas são definidas como qualquer taxa que o hóspede incorra apenas após pedir explicitamente um serviço, como taxas para instalações do spa ou um serviço de limpeza extra que o hóspede solicita explicitamente e concorda em pagar. 
  • Por favor, tenha em atenção de que, como resultado da regulamentação, todas as taxas marcadas como obrigatórias serão incluídas no preço geral que o cliente verá no seu registo. Quaisquer taxas marcadas como "incalculáveis" serão consideradas custos obrigatórios e o seu registo não estará em conformidade com a regulamentação. Como resultado, podemos ter que retirar temporariamente a sua propriedade de Booking.com.

Como é que atualizo as minhas definições?

Existem algumas secções que terá de verificar.

  • A primeira são as taxas adicionais. Os próximos passos vão depender do tipo da sua propriedade. 

Se a sua propriedade é uma casa, apartamento ou outro tipo de alojamento que não seja hotel, siga estes passos:

  1. Inicie sessão na extranet e vá ao separador “Propriedade".

  2. Clique em "Condições" e selecione "Custos e taxas adicionais".

  3. Se tem alguns custos definidos como “incalculáveis”, insira o valor apropriado.

  4. Se tiver custos opcionais (custos não obrigatórios), exclua-os clicando em "Remover". Apenas os custos obrigatórios devem aparecer nesta secção.

  5. Clique em "Guardar".  

Se a sua propriedade é um hotel, siga estes passos:

  1. Inicie sessão na extranet e vá ao separador "Propriedade".

  2. Clique em "IVA/imposto/taxas".

  3. Se tiver algum custo definido como "aplicável, os custos podem variar", entre em contacto com a equipa Booking.com local, que poderá ajudar a atualizar as suas informações.

  • A segunda secção para verificar são os seus impostos locais. Dependendo da sua localização, pode ter que pagar um imposto turístico ou outras taxas adicionais para cada hóspede. Sob o direito do consumidor da União Europeia, esse número já não pode ser definido como "incalculável". A 1 de setembro, ajustaremos todos os impostos ou custos atualmente marcados como "incalculáveis" ou "os custos podem variar" (por exemplo, taxas de impostos diferentes para preços por dia diferentes, não aplicáveis para crianças, não aplicáveis por mais de x noites). Para estes custos, definiremos um valor que corresponda ao maior imposto possível para essa categoria. Isso é para que o imposto (ou outros encargos relacionados com a localidade) nunca sejam mostrados com um valor menor do que o que o cliente pode ter que pagar na realidade.

Após 1 de setembro, precisa verificar se os ajustes que efetuámos nas informações de impostos e custos locais estão corretos. Para verificar essas configurações, siga estes passos:

  1. Inicie sessão na extranet e vá ao separador “Propriedade".

  2. Clique em "IVA/imposto/taxas".

  3. Se algum dos custos tiver sido configurado incorretamente, precisará de entrar em contacto com a sua equipa local Booking.com para que o(a) possa ajudar a atualizar essas taxas.

Nota: De acordo com a lei do consumidor da União Europeia, os custos obrigatórios já não podem ser definidos como "incalculáveis" ou como "os custos podem variar". Quaisquer encargos opcionais e não obrigatórios devem ser adicionados à secção pormenores da descrição da sua propriedade.

 

Atualizar as minhas definições

 


3. Condições para crianças

De acordo com a lei do consumidor da União Europeia, todos os preços em Booking.com precisam de refletir o valor total que os hóspedes pagarão pela estadia. Se aceitar crianças na sua propriedade, precisa de verificar se as suas condições estão corretamente configuradas para garantir que está em conformidade com a regulamentação.

A partir de 1 de setembro de 2019, os preços fixos para crianças hospedadas em camas existentes (ou seja, sem camas extra adicionadas ao quarto) serão adicionados ao preço total em Booking.com, e estarão sujeitos a comissão.

Nota: Já não é possível configurar custos variáveis como percentagens.

 

Para verificar e atualizar as condições das crianças, siga os seguintes passos:

  1. Inicie sessão na extranet e vá ao separador “Propriedade".

  2. Clique em "Condições" e vá até à secção “Crianças e camas extra". 

  3. Aqui pode especificar se aceita crianças na sua propriedade.

  4. Defina o número máximo de crianças que podem ficar em cada um dos tipos de quarto e quanto cobra por criança, por noite, e clique em "Guardar". Por favor, use apenas taxas fixas por noite, pois a percentagem de preços já não é permitida.

  5. Clique em “Pré-visualizar” para verificar se a informação está toda correta.

  6. Clique em “Guardar” quando terminar. 

Nota: Cada secção tem de ser configurada e guardada à medida que avançar.

 

Atualizar condições para crianças