Use o nosso guia baseado em dados para capturar a procura do final da época.

Como proteger a sua casa ou apartamento com dispositivos de segurança

Atualizado Há 1 mês | Leitura: 6 minutos
Guardar

Levamos a segurança a sério. Queremos que você também. Para ajudar a decidir que tipos de dispositivos de segurança deseja incluir na sua propriedade, criámos alguns conselhos simples sobre tipos populares de dispositivos de segurança e aqueles que podem ser adequados para a sua propriedade. 

Ao instalar qualquer um destes dispositivos, recomendamos que tenha em consideração e que cumpra todos os regulamentos e leis de privacidade em vigor na sua região. Adote uma atitude proativa com os clientes e comunique-lhes que dispositivos e medidas de segurança tem na sua propriedade e esteja disponível para responder às suas perguntas sobre privacidade e segurança. Além disso, recomendamos que reveja os seus procedimentos e dispositivos relacionados com a segurança. 


O que encontrará neste artigo

  1. Fechaduras inteligentes
  2. Alarmes de segurança
  3. Câmaras de segurança
  4. Detetores de movimento e som
  5. Cacifos e cofres
  6. Tem algum destes dispositivos na sua propriedade?

Fechaduras inteligentes

As chaves perdem-se. Os hóspedes trancam-se do lado de fora. Pode evitar essas situações desagradáveis ao investir em fechaduras inteligentes, em vez de utilizar chaves comuns. Além de contornar totalmente o processo de troca de chave física, algumas fechaduras eletrónicas inteligentes oferecem controlos adicionais. 

Se está a pensar comprar uma fechadura inteligente, pergunte ao seu fornecedor sobre opções adicionais sobre estes tipos de recursos:

  • Uso único: Pode criar códigos eletrónicos exclusivos personalizados para cada reserva? Em última análise, torna-se mais seguro para si e para os seus clientes.
  • Uso de smartphones: É possível destrancar as portas remotamente através de uma aplicação, e permitir que os clientes entrem e saiam da unidade utilizando apenas o smartphone (via Bluetooth, Z-Wave ou Wi-Fi)? 
  • Aplicações com dados analíticos: Algumas fechaduras inteligentes oferecem uma app que poderá usar para confirmar certos dados como quando os clientes chegam e saem, ou mesmo se a porta foi deixada aberta por acidente, proporcionando uma maior tranquilidade.
  • O sistema é demasiado complexo? O sistema ou os procedimentos utilizados pela fechadura inteligente ainda vão funcionar se, por exemplo, o cliente não possuir um smartphone ou a energia elétrica falhar?

Alarmes de segurança

Os clientes que dão primazia à segurança, apreciarão as propriedades que apresentam alarmes de segurança. No entanto, alguns clientes não gostam de alarmes de segurança. Há aspetos positivos e negativos a considerar antes de investir num alarme de segurança. 

Do lado positivo, os alarmes de segurança podem proporcionar uma paz de espírito sem precedentes aos clientes. Podem alertar de imediato a si e aos clientes se um intruso tentar entrar na propriedade. 

Muitos sistemas de segurança também vêm com sensores que detetam movimento, geralmente em pontos-chave, como portas e janelas. Alguns vêm com sensores adicionais que pode colocar em qualquer lugar que desejar. Os sistemas de segurança mais sofisticados permitem ajustar o alcance e a sensibilidade desses detetores de movimento. 

Esteja ciente de que os sistemas de segurança modernos podem ser complexos. Ter um sistema de última geração na sua propriedade pode ser um fator de diferenciação para os clientes, mas também pode causar confusão ou falsos alarmes. Aqui estão alguns pontos a serem considerados antes de escolher um sistema de segurança:

  • O que acontece depois de um alarme ser ativado? A polícia ou uma empresa de segurança privada serão notificadas?
  • Existe uma taxa associada a alarmes falsos? 
  • De que modo receberá uma notificação caso o alarme seja ativado? 
  • O que acontecerá se o alarme disparar e você não estiver disponível? 

Certifique-se de que está ciente do custo e do funcionamento de um sistema de segurança antes de o comprar. Se optar pela instalação de um, crie um conjunto de instruções detalhadas para que os clientes entendam o que o sistema oferece, como funciona e como usá-lo.


Câmaras de segurança

Caso deseje instalar uma câmara de segurança na sua propriedade, terá de se preparar para responder às perguntas dos clientes com diplomacia e de forma hospitaleira. Acima de tudo, é importante ser transparente sobre quaisquer câmaras de segurança localizadas dentro ou fora da sua propriedade. Este é um detalhe que deverá sempre incluir na página da sua propriedade. Se não incluir essas informações, corre o risco de suspensão da plataforma. 

Uma escolha popular para proprietários é um dispositivo de “videoporteiro”. Geralmente são montados na porta da frente e funcionam como uma combinação de campainha, câmara de segurança e comunicador de voz. Quando alguém se aproxima da porta ou toca à campainha, o dispositivo irá enviar uma notificação para o seu smartphone, permitindo-lhe visualizar o vídeo diretamente no seu telemóvel e responder aos visitantes. 

Este tipo de dispositivo também pode ser usado para comunicar com hóspedes de outras formas. Por exemplo, pode usá-lo para dar as boas-vindas aos clientes ou como parte do check-in. Claro que, ao abrir este novo canal de comunicação, poderá ser contactado por um cliente com uma questão a qualquer hora do dia ou da noite.

Alguns proprietários são atraídos pela ideia de câmaras de vídeo porque sentem que estes dispositivos podem ajudar a fazer cumprir as regras da casa. Por exemplo, se não permitir clientes adicionais não registados, fumar dentro ou ao redor da sua propriedade, ou animais de estimação dentro de casa, saber que há uma câmara na porta da frente pode dissuadir as pessoas de não cumprirem estas regras. 

Estes são detalhes importantes para que possa considerar adotar ou não as câmeras de segurança: 

  • Antes de instalar uma câmara na sua propriedade, consulte as nossas diretrizes e regulamentos sobre vigilância. 
  • Instalar uma câmara em áreas onde há expectativa de privacidade, como uma casa de banho ou quarto, é ilegal na maioria dos países e é contra as nossas condições 
  • Os seus clientes podem ter uma campainha com câmara na sua própria casa, ou podem nunca ter usado uma. Por isso, certifique-se de que inclui instruções sobre como utilizá-la corretamente.

Detetores de movimento e som

Os detetores de movimento são menos preocupantes em termos de privacidade do que as câmaras, mas também não devem ser colocados em áreas onde os hóspedes têm expectativas de privacidade. Podem ser usados ao ar livre como uma comodidade de segurança para alertar os clientes quando as pessoas se aproximam da propriedade, mas também podem ser usados para manter certas áreas inacessíveis. Por exemplo, se as regras da sua casa designarem uma área, como uma garagem ou espaço de armazenamento, onde os clientes não são permitidos, um detetor de movimento pode ajudar no cumprimento destas regras.

Da mesma forma, pode encontrar dispositivos concebidos para medir apenas o nível de som numa área. O uso mais óbvio para um detetor de som é ajudar a fazer cumprir as regras da casa sobre festas e barulho. Esteja ciente de que, se o dispositivo combinar o uso da detecção de ruído com a captura de fotos ou vídeos quando o ruído for detetado, este será classificado como sistema de videovigilância.  


Cacifos e cofres

Embora não seja estritamente necessário, os clientes que estão longe de casa e num lugar desconhecido, sem dúvida apreciarão ter um local seguro para deixar os seus pertences mais valiosos. São recomendados cacifos digitais ou LED sem teclas físicas. Os cacifos presos às paredes ou móveis são inerentemente mais seguros.


Tem algum destes dispositivos na sua propriedade?

Certifique-se de que indica a presença de dispositivos de segurança, dentro ou fora da sua propriedade, na secção Comodidades e serviços no separador Propriedade e mostre aos clientes a localização desses dispositivos durante o check-in.

Considera este artigo útil?