Perspetivas da Indústria

Proteger o seu negócio contra novas táticas de cibercrime

 | Guardar
A procura está a crescer em várias partes do mundo – e as novas táticas de cibercrime também. Para proteger o seu negócio e os seus clientes contra violações de dados, é fulcral estar a par destas ameaças emergentes e garantir que consegue reconhecer atividades suspeitas

A segurança e proteção dos dados pessoais são uma prioridade máxima em Booking.com, com destaque para a confiança e segurança na nossa plataforma. Com o Coronavírus a contribuir rapidamente para a transformação digital de muitas empresas, o cibercrime está também em ascensão à medida que os criminosos procuram capitalizar no decorrer do clima atual. E embora incidentes reais sejam raros – as nossas equipas dedicadas aproveitam a tecnologia de ponta do setor para monitorizar, detetar e bloquear atividades suspeitas 24 horas por dia –, queremos que esteja a par de todas as informações e recursos necessários para manter o seu negócio e dados pessoais em segurança na nossa plataforma.

Golpes remotos de acesso ao computador

Enquanto as duas principais ameaças à segurança permanecem o phishing e a engenharia social, os ataques estão a crescer em sofisticação e os criminosos estão a usar novas técnicas para atrair as vítimas. Uma técnica de engenharia social a ganhar popularidade desde o início da pandemia é o golpe remoto de acesso ao computador, em que os criminosos se aproveitam da realidade de muitas pessoas em teletrabalho. Estes criminosos persuadem-no a instalar software de acesso remoto no seu computador, como AnyDesk, TeamViewer e GoToMeeting, o que permite que os golpistas controlem o seu dispositivo e acedam informações pessoais.

Estes golpistas costumam apresentar-se como sendo um membro do suporte técnico – e seguem um guião como disfarce para tentar ajudá-lo. Podem parecer profissionais, experientes e criar um senso de urgência para resolver problemas em seu nome, sempre usando um jargão técnico para incentivá-lo a ceder as suas informações. É importante lembrar que os funcionários de Booking.com nunca exigirão as suas credenciais de acesso à extranet, códigos de verificação 2FA ou solicitarão acesso remoto a qualquer um dos seus dispositivos.

Embora os softwares de acesso remoto possam servir a um propósito legítimo, vale a pena rever e excluir quaisquer aplicações de acesso remoto de terceiros se estes não forem necessários para as suas tarefas diárias. Adicionalmente, reveja que funcionários têm permissões de utilizador para instalar novas apps. Isto pode evitar que estes tipos de aplicações sejam usadas por golpistas de forma maliciosa.

Como reconhecer a engenharia social e o phishing

Na sessão de vídeo abaixo do evento Click. 2021, Valentina Bonsi, Director of Cybersecurity, e Ben Carrall, Director of Global Security, juntam-se a Amir Naveh, Security Awareness and Communications Manager, para abordar detalhadamente o phishing e a engenharia social. Aprenda com os nossos especialistas sobre os sinais reveladores de um ataque, dicas para manter a sua segurança contra ameaças on-line e quem os cibercriminosos têm mais probabilidade de atacar e porquê. 

Embora estejamos continuamente a inovar os nossos processos e sistemas para garantir uma segurança forte na nossa plataforma, é crucial que também se mantenha vigilante. Se suspeitar que possa ter sido alvo de um cibercriminoso, se deu informações confidenciais a terceiros não autorizados ou se tiver notado atividades suspeitas na sua conta, deve sempre reportar a situação à nossa equipa de segurança no prazo de 24 horas através de report.booking.com. As nossas equipas poderão investigar imediatamente e tomar as medidas necessárias, se aplicável.

 

Image
Person using laptop
Descubra mais sobre segurança cibernética

Saiba mais sobre as pessoas e processos que mantêm a sua propriedade segura e como estamos a tornar a segurança numa prioridade contínua.

Soluções

O que acha desta página?

Ponto-chave
  • Os golpes de acesso remoto aos dispositivos têm-se tornado cada vez mais populares com a pandemia, com os cibercriminosos a usar táticas para obter controlo do seu dispositivo e aceder a informações pessoais
  • É importante lembrar que os funcionários de Booking.com nunca exigirão as suas credenciais de acesso à extranet, códigos de verificação 2FA, ou solicitarão acesso remoto a qualquer um dos seus dispositivos.
  • Se suspeitar que foi alvo de um cibercriminoso, denuncie sempre a situação à nossa equipa de segurança no prazo de 24 horas através de report.booking.com