Chegaram os Traveller Review Awards 2023.

Está na hora de celebrar! Utilize o ID da sua propriedade para saber se ganhou e para descarregar o kit do seu prémio.

Saiba mais

Nature traveller

Compreenda o viajante que procura contacto com a natureza

 | Guardar
Uma viagem à natureza descreve uma grande variedade de experiências fora do ambiente urbano. O que motiva os viajantes a se afastarem de tudo? Analisamos os dados de um novo estudo para descobrir

Desde o início de 2020, o interesse e as tendências no mundo das viagens têm dado destaque à natureza, o que não surpreende se considerarmos o efeito que o Coronavírus (COVID-19) teve, e continua a ter, nas viagens. Os nossos dados mostram que o uso de recomendações* como fazer caminhadas (94%), desfrutar de ar puro (50%), natureza (44%) e relaxamento (33%) aumentaram na nossa plataforma desde o início da pandemia. Além disso, em meados de 2020, “natureza” foi o tipo de viagem mais comum entre os viajantes inquiridos por nós.

Para descobrir o que realmente é importante para estes viajantes e como os pode atrair, entrevistámos 8 pessoas e fizemos um questionário a 1 398 clientes dos EUA, Reino Unido, Brasil, França, Rússia, Espanha e Alemanha. Aqui apresentamos os dados mais interessantes.

Nem todas as pessoas relaxam da mesma forma

Os destinos da natureza são geralmente associados a isolamento, tranquilidade, redução de stress, belas paisagens naturais e atividades físicas como caminhadas. São lugares onde os viajantes se podem desconectar e fugir da rotina, reduzir o stress e melhorar a saúde mental. No entanto, existem variações dentro desta categoria de viagens.

A partir destes dados qualitativos, destacaram-se três tipos de viajantes. Num extremo estão os viajantes aventureiros que optam por destinos mais remotos que podem explorar. Este tipo de viajante também tem mais probabilidades de fazer viagens longas e se hospedar em diversos alojamentos. Também temos o tipo de viajante que gosta de caminhar, um viajante de fim de semana cuja prioridade é manter-se ativo. Este tipo de viajante geralmente hospeda-se em um ou vários alojamentos por viagem. No outro extremo estão os viajantes que querem se desconectar, que usam a natureza para fugir da rotina. Não têm uma forte preferência por perto ou longe de casa, nem por tipos de atividades, trilhos ou locais de interesse próximos da propriedade. Podem fazer caminhadas ou ciclismo. Provavelmente, irão hospedar-se apenas por uma semana ou um fim de semana em apenas um alojamento.

Como escolher o ponto de partida ideal

Quando procuram alojamento para uma viagem na natureza, o mais importante para os viajantes é a proximidade de áreas específicas ou locais de interesse, seguido do preço e depois dos comentários dos clientes. Esta ordem é diferente para quem não procura destinos de natureza. Neste caso, o preço é mais importante do que a localização. Além disso, se compararmos com outras viagens, nas viagens à natureza há uma preferência maior por apartamentos, casas de férias e B&B.

Mais da metade (56%) dos viajantes consideraram o estacionamento no local uma comodidade imprescindível. Um pouco menos da metade (49%) dos viajantes disseram que não era importante ter transportes públicos nas proximidades, o que sugere que o transporte privado é bastante comum para viagens à natureza. Dada a importância do estacionamento, é uma boa ideia indicar na página da sua propriedade se oferece estacionamento gratuito ou pago. Isto pode ajudar a ter mais visibilidade para os viajantes que filtram as suas pesquisas com base neste requisito.

Snow hiking

 

Embora não seja algo específico para viagens à natureza, uma cama confortável e a possibilidade de tomar refeições (principalmente o pequeno-almoço) foram mencionados como dois dos serviços mais práticos e agradáveis ​​para os entrevistados. Pouco menos de metade (43%) dos viajantes consideram essencial ter um restaurante nas proximidades. 

Apesar de a natureza ser a principal motivação, ter uma localidade ou cidade para explorar nas proximidades é um detalhe importante – 39% dos entrevistados mencionaram que isto é essencial, seguido de um oceano (34%) ou uma praia (31%) nos arredores. Algo a que se deu muito pouca importância foi a possibilidade de ter uma ampla variedade de serviços e comodidades no alojamento. Mais de metade dos entrevistados não considerou importante o alojamento ter banheira de hidromassagem (54%) ou lareira (67%).

Conteúdo adaptado para as viagens à natureza

Motores de pesquisa, guias, artigos on-line e as avaliações de amigos e familiares desempenham um papel mais importante na escolha de destinos na natureza, em comparação com outros destinos. As fotografias são especialmente úteis para chamar a atenção de viajantes da natureza que procuram “paisagens bonitas” e que tendem a se concentrar no “cenário das fotografias”. Um dos pontos problemáticos, de acordo com os viajantes que entrevistamos, é a distorção da realidade. Encontrar informações corretas sobre um destino de natureza nem sempre é fácil. Além disso, pode ser frustrante descobrir diferenças entre a expetativa e a realidade. As fotografias, bem como as descrições detalhadas das áreas circundantes, podem ajudar a se destacar e atrair quem procura viagens à natureza. 

*Com base nas recomendações feitas em Booking.com como parte dos comentários posteriores à estadia. Dados com base em recomendações que tiveram o maior aumento no uso mensal entre 1 de abril de 2020 e 11 de setembro de 2020, em comparação com a média de recomendações mensais entre janeiro de 2019 e fevereiro de 2020.

 

O que acha desta página?

Ponto-chave
  • As viagens à natureza têm vindo a crescer desde o início de 2020, e é o tipo de viagem mais positivamente influenciado pela pandemia
  • Através dos nossos dados, identificámos três tipos de viajantes – os aventureiros, os que gostam de caminhar e os que preferem se desconectar – que procuram relaxamento e estar em contacto com a natureza de forma única
  • Em comparação com outras viagens, nas viagens à natureza existe uma preferência maior por ficar em apartamentos, casas de férias e B&B, sendo o estacionamento no alojamento considerado uma comodidade essencial